Compromisso, Relacionamento e Disciplina by: Pr. Aluizio A. Silva

Na edificação da igreja local Deus estabelece alguns por colunas. A promessa ao vencedor da igreja de Filadélfia é ser feito coluna no santuário de Deus (Ap 3.12). Se você tem sido colocado como coluna na casa de Deus, precisa saber que a firmeza da obra local depende da sua força como coluna. Colunas são feitas para suportarem a pressão, a tensão e o peso da estrutura. Como colunas, temos muitos irmãos que se apóiam em nós. Se fraquejarmos eles certamente cairão.
Ninguém toca numa coluna impunemente. Colunas devem ser respeitadas. É uma grande honra ser coluna. Aqueles que sustentam a obra de Deus são recompensados diante dEle. Eles são levantados em posição de honra.
As colunas são responsáveis por manter a unidade. Paredes rebeldes podem ser removidas sem muito dano, mas colunas, quando removidas, abalam o edifício. Como a Igreja é um edifício vivo, precisamos cuidar de nossas colunas fortalecendo-as e aperfeiçoando-as constantemente (2Co 13.9).
Nesse processo de aperfeiçoamento Deus usa vários meios para nos ensinar. O primeiro deles é o conhecimento. Para que possamos crescer precisamos de instrução e ensino. Uma igreja cresce na exata medida de alimento na Palavra que lhe é fornecido.
O segundo caminho de crescimento e aperfeiçoamento são as experiências. É bom termos o ensino, mas ele só se torna parte de nós depois de termos a experiência.
A terceira forma de aperfeiçoamento são os desafios. Em algum momento, teremos que abandonar a nossa zona de segurança para fazermos algo que nunca fizemos, para falar o que nunca falamos e para conquistar o que nunca ousamos. É por isso que trabalhamos com alvos em nossa igreja; e cada vez que alcançamos os alvos somos mudados, não podemos mais voltar a ser o que éramos antes.
O quarto instrumento de aperfeiçoamento é a inspiração. É difícil crescer sem ter modelos em quem mirar. Mesmo que seja um modelo imaginário, nós precisamos ter uma imagem daquilo que queremos nos tornar. Deus levanta alguns primeiro para que esses possam puxar os demais (1Co 11.1).
Todos esses elementos são importantes, mas eles na verdade não podem atuar em nós, a menos que tenhamos três elementos fundamentais: compromisso, relacionamento e disciplina. Esses três ingredientes são fundamentais para o aperfeiçoamento das colunas e o avanço da Igreja.Compromisso
O primeiro elemento do aperfeiçoamento da Igreja é o compromisso. O crescimento começa com ele. Evidentemente, o nosso primeiro compromisso é com Deus, mas nosso crescimento também depende de nosso compromisso e aliança com os irmãos. Quem não consegue ter compromisso com homens, também não tem compromisso com Deus (1Jo 4.20).
Nós nos tornamos semelhantes àqueles com quem nos comprometemos. Se o seu compromisso com Deus e Sua vontade é real, é natural que com o tempo você se torne parecido com ele. Compromisso é a primeira chave para a mudança.
Quanto maior o compromisso, mais assimilamos os hábitos e o jeito da outra pessoa. Eles se tornam parecidos não por causa do físico, mas por causa dos trejeitos, dos hábitos e da linguagem.
Alguns pensam que apenas a convivência é suficiente, mas convivência não nos torna necessariamente parecidos. É o compromisso mútuo que produz a unidade de linguagem e pensamento. Nós seremos conhecidos pelo nível de compromisso que tivermos uns com os outros. Convivência sem compromisso é só ajuntamento (1Ts 1.8).
A força da Igreja está no nível de compromisso e aliança de cada membro. Compromisso com Deus, com uma visão e com um propósito. Se não há aliança com os líderes, com o pastor ou nas células, então, somos apenas um ajuntamento de gente sem nenhum impacto na cidade.
Nós temos um compromisso com Deus, com a Igreja e até mesmo com a nossa geração. Aquele que está comprometido não mede esforços e nem se preserva. Dá para saber onde podemos chegar observando o nível de compromisso de cada membro.
Há irmãos que julgam ser muito pesado o compromisso com uma célula e se escondem no meio da multidão. Há alguns que estão aqui hoje e amanhã já estão em outro lugar. Têm compromisso apenas com o seu próprio bem estar e com seu individualismo hedonista.
Jesus exige compromisso dos Seus discípulos. Não podemos seguir a Jesus sem compromisso. O Senhor travou relacionamento com pelo menos três tipos de pessoas: a multidão, os seguidores ocasionais e os discípulos. A multidão O via de longe, recebia os milagres, mas não tinha compromisso algum. O seguidor ocasional recebia os conselhos e as palavras de Jesus, mas não assumia publicamente sua fé. No final, a obra somente pôde ser feita pelos discípulos. O discípulo é aquele que assume o compromisso.
Se não amamos os irmãos, também não amamos a Deus. Se não temos compromisso com os irmãos, também não temos compromisso com Deus. A obra de Deus só vai avançar se você se comprometer.
RelacionamentoAs pessoas são o instrumento de Deus para o nosso crescimento. Quando Deus quer nos abençoar, Ele coloca uma pessoa em nossa vida, mas quando o diabo quer nos atacar ele também coloca pessoas ao nosso lado (Mt 16.18;22). Contudo, até mesmo aquelas pessoas mais difíceis estão em nosso caminho para o nosso aperfeiçoamento.
Isso é facilmente observado em nossa vida natural, mas alguns ignoram o peso dos relacionamentos para o crescimento espiritual. Uma das razões pela qual somos uma igreja em célula é porque o grupo é fonte de crescimento de cada membro, mas ainda há pessoas que insistem em viver no isolamento.
Não temos como manter compromissos se não temos ninguém a quem prestar contas. Até nossos compromissos espirituais mais sinceros, se forem mantidos em segredo, acabam deixados de lado. Só conheço uma forma de quebrar o ciclo vicioso da inconstância e cumprir nossas promessas: ter uma pessoa ou um grupo a quem possamos prestar contas de nossos atos.
O discipulado é um tipo de relacionamento que supre essa necessidade. No discipulado, eu me coloco debaixo da autoridade de alguém. Biblicamente, todos nós precisamos manter um relacionamento desse tipo, no mínimo, com três pessoas, conforme o exemplo de Timóteo, Paulo e Barnabé.
Reconheça a importância dos relacionamentos para o seu crescimento, mas acima de tudo, reconheça a necessidade de ser discípulo. Procure alguém que seja um Paulo na sua vida e receba-o como seu discipulador. Todos nós precisamos de um pai espiritual a quem possamos imitar, mas também de um irmão que possa caminhar conosco. Todavia, o crescimento só se completará quando eu tiver um filho espiritual.
Disciplina
É impossível crescer sem disciplina. O seu crescimento depende de algo que deve ser feito todos os dias. Aquilo que é feito diariamente determinará o seu futuro. Aquele que não possui hábitos e rejeita toda disciplina não pode ser aperfeiçoado na sua vida espiritual. Em todas as áreas da vida o aperfeiçoamento vem pela repetição. Não se aprende sem repetição. O mesmo acontece com o nosso caráter. Aquilo que repetimos se torna parte de nós.
Mas a repetição é um aspecto da disciplina. O outro lado é a repreensão e a exortação. Aquele que não aceita ser confrontado não pode ser mudado. Se você não tem uma aliança forte o suficiente com alguém, a ponto de deixá-lo falar em sua vida, você é um membro desconectado do Corpo.
A sua identidade é formada pela constância. Você é conhecido por aquilo em que persevera. Um cristão que exercita as disciplinas do espírito apenas em campanhas ocasionais, não possui uma identidade espiritual definida. Não se pode dizer que ele é espiritual.
Deus leva a sério nossos votos e nossos compromissos. Ele considera os compromissos de entrega por toda a vida; e também compromissos momentâneos de dedicação a oração e ao serviço. Na verdade, os grandes compromissos só são mantidos se houver um compromisso diário e disciplinado (Sl 15.4). O Senhor honra aquele que assume um compromisso e permanece fiel a ele, mesmo com dano próprio (Gl 6.2).

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s