Busque o seu milagre

Passados dois dias, partiu dali para a Galiléia. Porque o mesmo Jesus testemunhou que um profeta não tem honras na sua própria terra. Assim, quando chegou à Galiléia, os galileus o receberam, porque viram todas as coisas que ele fizera em Jerusalém, por ocasião da festa, à qual eles também tinham comparecido. Dirigiu-se, de novo, a Caná da Galiléia, onde da água fizera vinho. Ora, havia um oficial do rei, cujo filho estava doente em Cafarnaum. Tendo ouvido dizer que Jesus viera da Judéia para a Galiléia, foi ter com ele e lhe rogou que descesse para curar seu filho, que estava à morte. Então, Jesus lhe disse: Se, porventura, não virdes sinais e prodígios, de modo nenhum crereis. Rogou-lhe o oficial: Senhor, desce, antes que meu filho morra. Vai, disse-lhe Jesus; teu filho vive. O homem creu na palavra de Jesus e partiu. Já ele descia, quando os seus servos lhe vieram ao encontro, anunciando-lhe que o seu filho vivia. Então, indagou deles a que hora o seu filho se sentira melhor. Informaram: Ontem, à hora sétima a febre o deixou. Com isto, reconheceu o pai ser aquela precisamente a hora em que Jesus lhe dissera: Teu filho vive; e creu ele e toda a sua casa. Jo. 4:43-54
Deus tem o milagre que você está esperando. Deus não está tentando juntar fé suficiente para fazer o seu milagre! Ele não precisa esperar até que você tenha juntado moedas o suficiente para liberar as finanças em sua vida. Deus não está esperando que as águas se movam para que Ele possa operar a cura em sua vida.
Para Deus não há falta de poder, nem de recursos ou de vontade de operar o seu milagre. Se o seu milagre ainda não aconteceu o problema não está em Deus e talvez não esteja em você também. Pode ser que o nível de fé das pessoas ao seu redor seja baixo ou talvez você foi exposto a um tipo de ensino errado que limita o poder de Deus.
Eu creio que uma das mentiras malignas mais destrutivas não é que Deus não pode operar milagres, mas que o seu milagre ainda está muito longe. O inimigo diz: “Sim, Deus é poderoso, e sim, Ele pode curá-lo –, mas o seu milagre ainda está muito longe. Certamente Deus tem o seu tempo para fazer todas as coisas, mas nós devemos crer sempre para agora. A fé toma o fato como já tendo acontecido.
Quando Deus o criou ele formou você para o sobrenatural, e quando o Senhor colocou fé em você ele o equipou para os milagres. Há algo em você que espontaneamente anseia pelo sobrenatural. Cada vez que você ora, ouve um testemunho ou lê a respeito de um milagre sua fé é imediatamente despertada. Você consegue perceber o que eu estou dizendo? Cada vez que você se vê numa situação desesperadora, ou enfrentando uma necessidade esmagadora ou uma profunda preocupação, sua fé busca pelo milagre, pela intervenção divina. E é exatamente isto que é um milagre: a intervenção de Deus em nossa necessidade.
Eu creio que Deus já fez tudo o que é necessário para que você receba o seu milagre. Você precisa apenas tomar os passos bíblicos para recebê-lo.
Antes porém você precisa se libertar da teologia errada que nunca vê o sobrenatural. Precisa ver além das limitações da capacidade humana e crer no poder de Deus.
Gideão é um exemplo de alguém que estava preso a uma teologia equivocada. Em Juízes 6:13 ele disse: “Se o SENHOR é conosco, por que nos sobreveio tudo isto? E que é feito de todas as suas maravilhas que nossos pais nos contaram, dizendo: Não nos fez o SENHOR subir do Egito?” Essa era a conversa de Gideão antes do poder de Deus vir sobre ele. Certamente se parece muito com o discurso de muitos dentro das igrejas.
No texto que lemos encontramos um oficial do rei com uma necessidade desesperadora. Ele veio de uma outra cidade que estava a cerca de 40 quilômetros de onde Jesus estava, mas ele foi buscar o milagre que ele precisava. As palavras do Senhor para ele parecem indicar que aquele homem não era cheio de fé. O Senhor lhe disse: “Se, porventura, não virdes sinais e prodígios, de modo nenhum crereis.”
Eu sei que quando falamos de milagres não há uma única pessoa que não tenha de lidar com a dúvida. Mas você não precisa se desesperar porque a fé não é a completa ausência de dúvida, mas é a escolha deliberada de acreditar, apesar da dúvida. O que eu quero que você faça hoje é optar por não alimentar a sua dúvida, mas a sua fé.
A Bíblia tem muito a dizer sobre o poder de Deus para operar milagres. A Palavra de Deus é muito clara sobre isso:
“Jesus, fitando neles o olhar, disse-lhes: Isto é impossível aos homens, mas para Deus tudo é possível.” Mateus 19:26
“Porque para Deus não haverá impossíveis em todas as suas promessas.” Lucas 1:37
“Ao que lhe respondeu Jesus: Se podes! Tudo é possível ao que crê.” Marcos 9:23
Hoje eu desafio você a crer que aquilo que a Bíblia diz sobre o poder de Deus é verdadeiro. Eu desafio você a crer que Deus quer fazer o milagre na sua vida hoje. Eu desafio você a sair da zona de conforto do seu ambiente natural e entrar na esfera do miraculoso e do sobrenatural.
Eu desafio você a rejeitar todas as crenças erradas que impedem você de crer e receber o seu milagre. O seu passado e sua crença limitante são como um ladrão que rouba o milagre que você está esperando em Deus.
Declare em voz alta: “Eu escolho crer e não duvidar. Eu creio que o meu Deus é um Deus de milagres. O Senhor me ama e está operando o meu milagre agora mesmo. Eu sei que quando eu creio pelo milagre eu estou honrando o meu Deus.”
Existem três coisas que impedem as pessoas de receberem o milagre. Primeiro são as crenças erradas que procedem de teologias equivocadas. Teologias que não são bíblicas produzem confusão e dúvida. Qualquer ensino que não alimenta a sua fé precisa ser rejeitado.
Em Gálatas 3:5 Paulo faz uma pergunta muito séria: “Aquele, pois, que vos concede o Espírito e que opera milagres entre vós, porventura, o faz pelas obras da lei ou pela pregação da fé?” Somente a pregação da fé pode liberar o Espírito de Deus e a manifestação dos milagres na sua vida.
A segunda coisa que impede os milagres são os relacionamentos com pessoas erradas. As pessoas com quem você gasta a maior parte do seu tempo vão influnciar o seu nível de fé. Nossos relacionamentos são muito importantes, eles podem alimentar força ou fraqueza, fé ou incredulidade. Não há relacionamentos neutros. Até as experiências que você terá em Deus dependem das pessoas que estão ao seu derredor.
Se você gasta a maior parte do seu tempo com pessoas que estão sempre procurando razões para explicar porque não possuem um caráter como o de Cristo, porque não são fiéis na igreja, porque suas palavras são impuras, então saiba que você será tentado a ser como elas.
A terceira coisa que impede os milagres são as motivações desequilibradas. Motivações erradas produzem orgulho e egoísmo. A maior parte das pessoas do mundo hoje escolheram viver por meio de seus recursos humanos e caminhar em seus próprios caminhos indiferentes a Deus e a sua vontade.
Então o que é necessário para alcançar o seu milagre?
1. Creia que Deus quer recompensar, não punir
Hebreus. 11:6 diz que “sem fé é impossível agradar a Deus, porquanto é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que se torna galardoador dos que o buscam.”
O texto que lemos começa com as palavras de Jesus que um profeta não tem honra em sua cidade natal. Imediatamente depois disso vemos que esse oficial honrou a Jesus crendo que ele poderia fazer o milagre e curar o seu filho.
Aquele oficial do rei cria o suficiente para ir buscar o seu milagre a cerca de 40 quilômetros de distância. Se você deseja receber o seu milagre você precisa crer que a vontade de Deus é recompensar, não punir
2. Posicione-se para a vitória, não para a derrota
O que eu gosto na história desse homem que tinha uma posição alta na corte do rei é que ele veio onde o Senhor estava e implorou. Uma outra versão diz que ele suplicou pela cura do seu filho. Normalmente pessoas importantes não assumem esse tipo de posição.
Se você quer ver os milagres, posicione-se como aquele que está buscando, que está crendo e que está testemunhando sobre isso. Você precisa se posicionar pela vitória. Este homem decidiu agir por fé e ir para onde Jesus estava. Ele precisou de fé para deixar seu filho e procurar a Jesus, mas precisou de mais fé ainda para crer na palavra do Senhor e voltar para casa e ver seu filho curado.
Isso nos mostra um princípio. Mais importante que a cura do garoto era a fé do seu pai. Agora entenda isso, mais importante que as suas circunstâncias, é a sua fé.
Se você busca o seu milagre creia que Deus deseja recompensar, não punir. Posicione-se para a vitória, não para a derrota.
3. Fale de fé, não de dúvida
Eu sei que você tem dúvidas. Todos nós temos, isso é natural. Mas a maneira como você silencia suas dúvidas é se recusando a pensar sobre elas, e escolhendo falar de fé. Quando você clamar em fé você chamará a atenção do Senhor. O clamor da fé sempre atrai a atenção do Senhor.
A Bíblia diz que havia um cego chamado Bartimeu. As pessoas lhe disseram que Jesus estava passando, então ele começou a gritar bem alto. O seu clamor fez Jesus parar. O nosso clamor sempre faz o Senhor parar. Se ele não tivesse clamado em fé, podia ser que o Senhor passasse ao largo e ele perderia o seu milagre. Mas em vez disso ele foi em busca da sua cura.
Aqui está o que pode parar o Senhor e chamar a sua atenção: o clamor de fé. Se não há fé ele vai passar de nós. Você já observou que o Senhor nunca disse: “Deixe-me ver o que posso fazer por você”. Mas ele sempre disse: “O que você quer que eu faça por você?” Por que? Porque ele suprirá a nossa necessidade de acordo com o nosso clamor de fé.
Alguns imaginam que serão ouvidos se chorarem bastante ou se demonstrarem toda a sua dor. Mas o céu é movido por fé. Lágrimas são boas, mas a fé move os céus. A fé toca o coração de Deus, porque somente a fé honra o Senhor.
Se você clamar em fé, não dúvidando, você terá a atenção do Senhor. Então vá em frente e peça! O oficial do rei disse: “Senhor, desce, antes que meu filho morra.” É importante que você fale de fé e não da dúvida.
A palavra confessar no grego é “homologeo”. Essa palavra tem o sentido de fazer uma declaração pública através da qual um contrato ou lei é estabelecido. É por isso que a lei é homologada quando é publicada. Nossa fé também precisa ser homologada e isso acontece quando confessamos. Quando confessamos a palavra de Deus nós a estamos homologando como lei em nossa vida.
Faça confissões de vitória a respeito de seus pedidos. Você nunca alcançará o palácio falando como um camponês. O milagre começa com a sua confissão. Você recebe o que você confessa. A sua mente é programada pelo que você fala e pelo que ouve. A vida e a morte estão no poder da língua (Pv. 18:21). Confesse os seus alvos em voz alta para si mesmo e também fale dos seus alvos somente com pessoas que possam contribuir com você.
Muitos de nós somos como um Bartimeu calado. O Senhor Jesus está passando, mas como não há nenhum clamor de fé, ele simplesmente vai embora. Quantos milagres temos deixado de receber porque não clamamos e confessamos a nossa fé diante do Senhor.
Se quer buscar o seu milagre creia que Deus deseja recompensar, não punir. Posicione-se para a vitória, não para a derrota. E fale de fé, não de dúvida.
4. Responda com convicção, não com confusão
Depois de viajar quase 40 quilômetros para chegar a Jesus, e suplicando-Lhe uma e outra vez, gritando em fé pela cura do seu filho, ele ouve Jesus dizer apenas quatro palavras: “Vai, teu filho vive”. O texto diz que o homem creu no Senhor e o mais impressionante é que ele não foi embora para casa imediatamente. Diz o evangelho que somente no outro dia ele chegou em casa. No verso 53 lemos que ele perguntou aos servos a que horas o menino tinha sarado e eles responderam: “Ontem, à hora sétima a febre o deixou”. Jesus curou o menino na hora do almoço, mas ele só chegou em casa no outro dia. Sendo um oficial do rei ele não viajava a pé e a distância de sua casa era de apenas 37 quilômetros, algo que poderia ser feito em poucas horas a cavalo. Ele certamente estava tão satisfeito por ter recebido o milagre que dormiu durante toda a noite em profundo descanso. Aquele que crê descansa. Nossas palavras e nosso comportamento devem andar em harmonia, não em confusão.
Nossa convicção interior precisa se manifestar em nosso comportamento. É muito ruim orar por alguém que teve um ataque do coração e depois vê-lo fazendo um pedido de aposentadoria. Se ele creu não precisa se aposentar. É esse tipo de confusão que compromete nossa confissão.
Coloque-se no lugar daquele homem. Não havia meios de saber se seu filho tinha sido realmente curado. Ele andou exclusivamente com base na fé do que o Senhor disse. Talvez se fosse hoje, pegaríamos nosso telefone celular e ligaríamos imediatamente para saber se o menino estava bem. Aquele homem porém não saiu correndo para casa. Seu filho já estava bem, não havia mais com o que se preocupar. Para ele as palavras de Jesus eram suficientes. Ele creu e foi descansar. Só no outro dia voltou para casa.
Algumas pessoas pensam que Deus responde aos nossos bons sentimentos, nossas lágrimas e nossa dor, mas a verdade é que apenas a expressão de nossa fé pode agradar o Senhor.
Você quer buscar o seu milagre? Creia que Deus deseja recompensar, não punir. Posicione-se para a vitória, não para a derrota. Fale de fé, não de dúvida e responda sempre com convicção e não com confusão.
Pr. Aluizio A. Silva

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s