Lei da Consequência

O seu filho diz: “Eu não queria partir o vidro.” Você responde: “Mas atiraste a pedra que o partiu, não foi? Então irás pagar para o repararmos.” E, ao pagar, o seu filho aprende um princípio que poderá salvá-lo de consequências mais graves no futuro. Deus, que é o amoroso Pai Celestial, inventou a lei da consequência – para nosso benefício. Considere isto: 1) As suas decisões determinam o tipo de colheita que ceifa. Adão e Eva podiam escolher obedecer ou não a Deus, mas não conseguiam escapar às consequências da sua escolha. “Tudo o que o homem semear, isso, também, ceifará.” Você não é um peão nas mãos de um Deus punitivo, de uma força cósmica malévola, do diabo ou da sorte. Foi-lhe dado o poder de escolher o certo ou o errado. 2) As suas decisões têm impacto nos outros. Pode não ter sido a sua intenção magoá-los, mas normalmente são danos colaterais que não pode evitar. Depois de conquistar Jericó, Acã roubou parte do despojo, causando a derrota de Israel em Ai. Mais tarde, Josué desafiou-o, dizendo: “Por que nos turbaste?” (Josué 7:25). Antes de agir, tem de considerar quem ficará magoado com a precipitação da sua decisão. Serão os seus filhos, a sua esposa, os seus amigos, a igreja, etc? 3) O perdão não pode cancelar as consequências da sua decisão. Deus ouve a sua confissão, perdoa-o livremente e limpa o seu registo, mas a lei da colheita pode ainda permanecer em acção. “Então disse David a Natã: Pequei contra o Senhor. E disse Natã […] : Também o Senhor perdoou o teu pecado […]; todavia, […] o filho que te nasceu certamente morrerá” (2 Samuel 12:13-14). Então, se não quer colher, não semeie!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s