PRATICANDO A PRESENÇA DE DEUS

Imagem

Nos últimos dias tenho sido muito encorajado ao ler o livro “Praticando a Presença de Deus” dos autores Irmão Lawrence & Frank Laubach. Praticando a Presença de Deus é um clássico da literatura cristã, ultrapassando a marca dos 22 milhões de exemplares vendidos na língua inglesa. A obra é um relato das experiências de Lawrence e Laubach sobre como viver na presença do Senhor. Em alguns trechos o autor nos leva a identificá-lo como um diário das experiências vividas por eles. Em outros momentos, a leitura nos leva a uma reflexão sobre a busca de um Deus pessoal. É um livro muito simples, não tem novas revelações ou fórmulas de como fazer isso, mas traz uma realidade: o desejo de ter Deus mais perto.  Com isso comecei a buscar sabe como eu posso desenvolver essa verdade na minha vida e tenho descoberto algumas coisas e quero compartilhar com vocês, vejamos:

DEUS É  ACESSÍVEL.

Tudo que o diabo mais quer é te convencer que isso não é uma realidade. Quando você vê Deus sendo alguém inacessível, inatingível ou coisa assim, você pensa que não tem por que manter um relacionamento com ele, sendo quem ele é. Porem isso é uma mentira das trevas. Jesus disse: “Eu vim…” (Jo. 10.10). Jesus “é o resplendor da glória de Deus e a expressão exata do seu ser” (Hebreus 1:3) Ou seja, Deus é acessível através de Cristo, ele veio até nós. Um Deus grande e tremendo veio ao encontro dos homens, o pó da terra.

DEUS É UM SER PESSOAL.

Muitos buscam e amam a Deus, mas um Deus de ajuntamentos. Eles não buscam a amar e conhecer de forma pessoal. Nos nossos dias vejo uma geração que só adora com canções, só adoram num ajuntamento, só adoram quando está numa plataforma, quando tem um microfone ou um instrumento na mão. Será que você consegue oferta sua adoração a Deus na mesma forma ou intensidade que você oferta quando não está sendo visto? Precisamos buscar a Deus de fora pessoal, como Moises fez, como Abraão, como Davi, como Jesus e tantos outros… Sabe por que Deus ficou conhecido como Deus de Abraão, Isaque e Jacó? Por que ele viveram tanto essa realidade que Deus ficou sendo conhecido por ser Deus deles. O Senhor quer ser seu Deus também! Que ele seja conhecido na nossa geração como Deus do Sérgio, Deus do Lucas, Deus do Rafael, Deus da Maria, Deus do Francisco, Deus do(a)… (coloque seu nome aqui e diga)

DEUS PERTO DE NÓS.

É possível te-lo perto de nós no dia a dia. Você já imaginou ter companhia de Deus forma mais intensa no seu dia? Mas você pode pensar: Como isso é possível? Eu te pergunto qual é o melhor lugar para um rei se sentar? No trono, o símbolo do seu poder e força!

A bíblia diz:  “Porém tu és santo, e entronizado entre os louvores de Israel.” (Salmos 22:3) Se você quer ter o Rei dos Reis perto de você precisará ergue um trono de louvor diário na sua vida. Logo no início da sua conversão, você louvava a Deus mais no seu dia. E hoje quantas vezes faz isso?

Gente e o que é louvor? Louvor é declara as qualidades de um individuo, elogiar. Louvar é a declarar de quem Deus é. Meu pastor sempre diz uma frase sobre louvor muito boa: “O louvor te ajuda a se concentra mais em Deus.”. Se o louvor é declara que Deus é e isso me ajuda a se concentra em Deus, então eu passo a ter o meu dia preenchido de Deus e sua presença. Veja o que o salmista diz: “Sete vezes por dia eu te louvo por causa das tuas justas ordenanças. (Salmos 119:164) Creio que precisamos recuperar esse hábito do primeiro amor.

Davi diz isso algo tremendo sobre a presença de Deus: “Uma coisa pedi ao Senhor, é o que procuro: que eu possa viver na casa do Senhor todos os dias da minha vida, para contemplar a bondade do Senhor e buscar sua orientação no seu templo.
Pois no dia da adversidade ele me guardará protegido em sua habitação; no seu tabernáculo me esconderá e me porá em segurança sobre um rochedo.” Salmos 27:4-5

O salmista desejava mais que um lugar físico, ele queria a presença de Deus todos os dias, isso faria ele sentir Deus mais perto, assim, como resultado, no dia da sua adversidade ele seria guardado na presença de Deus. É disso que precisamos para nossa fé e confiança aumentar nele.  Deus não mudou, nós mudamos, ele continua sendo o mesmo do inicio da nossa caminhada com ele, nós que não somos mais os mesmos!

Esses dias um texto que me impressionou muito foi Mateus 26.30: “Depois de terem cantado um hino, saíram para o monte das Oliveiras.” A bíblia diz que antes de Jesus enfrentar o dia mais difícil da sua vida na terra ele cantou.  Eu creio que Jesus louvou ao Pai, para declara e se firmar em quem Deus era, afinal o que viria pela frente seria muito difícil passar.

Você pode pensar: Então eu tenho que cantar o dia todo? E quem disse que louvor é só musica? Eu disse que louvor é declarar quem Deus é e para isso não precisa de música. Algumas vezes você não conseguirá louva-lo por aquilo que ele faz, mas sempre poderá louva-lo por aquilo que ele é! Não deixe que a religião te molde, formando mais um insensível. Perceba Deus nos detalhes do seu dia a dia.

As frases que mais me marcaram no livro fala exatamente sobre isso:

“Qualquer hora do dia pode tornar-se perfeita mediante uma simples escolha. Será perfeita se olharmos para Deus o tempo todo, esperando por Sua orientação e tentando fazer todas as coisas, por menores que sejam, exatamente como Ele gostaria que fossem feitas.” (Frank Laubach)

 “Não devemos nos cansar de fazer pequenas coisas por amor a Deus, pois Ele não considera a grandeza da obra, mas o amor com que ela é realizada.” (Irmão Lawrence)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s