O LIVRO DA SUA VIDA!

Introdução

Dizem que uma pessoa precisa, antes de morrer, fazer pelo menos três coisas: plantar uma árvore, criar um filho e escrever um livro. Não sei quem inventou isso, mas tem suas vantagens em fazer isso. Pelo menos no tocante ao terceiro ponto, ou seja, fazer um livro, eu posso te afirmar que você é um escritor, pois segundo a palavra de Deus, você está escrevendo a história de sua vida. Cada atitude, cada ação, cada comportamento, cada escolha é um capítulo do seu livro, aliás como vai o seu livro?

Deus, o escritor por natureza.

Se você é um bom escritor, com certeza você está puxando o dom de seu Pai. Deus também escreve e nos céus, existem 4 livros escritos por Deus que dizem respeito a mim e a você.

Primeiro livro

A palavra de Deus diz que antes mesmo de você nascer, Deus escreveu a seu respeito. No salmo 139:13-16, o salmista diz que você foi cuidadosamente planejado por Deus. Toda a sua vida, propósito e natureza foram estabelecidos antes que você existisse. Você não é fruto do acaso, Deus sonhou com você antes que você viesse à vida. Na sua concepção, as alternativas para outras vidas eram muitas, mas Deus entrou definindo que seria você a nascer. Existe um livro no céu escrito a seu respeito, segundo o salmista, é o livro do “caminho eterno” vs 24. Esse é o primeiro livro.

Você pode estar pensando que não é muito bom o enredo desse livro, pois as coisas que você está vivendo não são muito boas. Mas eu te pergunto; você está vivendo o que Deus escreveu ou você vive outra história? 

Segundo livro

O problema é que em Adão, fomos infectados pelo vírus da independência e resolvemos abandonar o livro de Deus e escrever uma outra história para as nossas vidas. O que temos vivido é esse segundo livro. Deus, em Sua infinita misericórdia, deixou que escolhêssemos o enredo de nossa própria vida, ainda que Ele tenha escrito a nosso respeito.

Mas o que Deus fez sobre essa rebelião? Ele resolveu copiar o livro que estamos escrevendo. Hoje, nos céus, tem um segundo livro que é uma cópia exata (Ap 20:12) do que estou escrevendo aqui, por minha própria vontade. 

O problema é que nenhuma rebelião fica sem consequências debaixo dos céus, aliás, nem nos céus. Vai chegar a hora em que Deus irá comparar o que você escreveu, com o que Ele definiu para a sua vida e aí é que as coisas podem complicar ainda mais para nós. Se houver diferença de natureza entre os dois livros, a bíblia diz que seremos condenados. Se não somos da natureza de Deus não podemos coexistir juntos nos céus, então iremos morar em outro lugar (lago de fogo). Ap 20:11-15. Isso, a palavra de Deus chama de condenação. Se o problema não for de natureza, mas de propósito, então seremos julgados em falta e teremos dano. II Co 5:10 e ICo 3:11-15 (no versículo 13, a palavra Dia está em letra maiúscula. Isso significa que o sentido primário desse dia, é um dia específico – O dia do julgamento). Podemos concluir com isso que, apesar de Deus dar a liberdade de construção de sua própria vida, Ele reserva o Seu direito inalienável de ser Deus, ou seja, de nos julgar sempre que decidimos não ouví-Lo . Evidente que Ele usará a Sua costumeira imparcialidade, porém, seremos julgados. A escolha é sua. Viver pelo livro do caminho eterno ou viver pela sua própria história. Aqueles que decidirem viver sua própria história, Deus os livra de viver com Ele pelos séculos dos séculos, os mandando para outro lugar que não seja a morada de Deus. Isso é justo. 

O terceiro livro

A palavra de Deus diz sobre o Livro da Vida, nosso terceiro livro. Ap 20:12,15. É o livro que contém os nomes daqueles que resolveram viver suas vidas, pelo livro do caminho eterno. Eles desejaram viver o que Deus preparou para eles. Eles não quiseram escrever sua própria história. Eles aceitaram, de bom grado, vivênciar o que Deus planejou para eles. Por isso, Deus escreveu seus nomes nesse livro e por isso, Deus resolveu de viver com eles para toda a eternidade. Quando Deus avalia o livro do caminho eterno e o livro escrito por nós mesmos, e vê que os dois tem a mesma natureza e o mesmo propósito, Deus checa que não há diferença entre os dois, Ele nos insere no Livro da Vida e a partir daí, passaremos toda a eternidade com o Senhor em Seu reino. A bíblia chama essas pessoas de vencedores. Vencedores, são aqueles que venceram a carne, o diabo e o mundo para poderem estar com o Senhor para toda a eternidade. Nosso encargo como igreja é formar uma comunidade de vencedores. Você deseja isso para sua vida? Se sim, seja bem vindo.

O que nos leva a rejeitar o livro do caminho eterno? 

Vários são os motivos pelos quais evitamos o livro do caminho eterno. Ainda que saibamos o que é melhor para as nossas vidas, ainda assim, não andamos com fidelidade sobre ele. Entre esses motivos, escolhi três motivos que me parece serem os principais para tal decisão.

Primeiro – o problema inicial (independência) não concluído. Quando nos convertemos, aquela independência grosseira, nós a deixamos de lado. Principalmente aquele que até o mundo condena. Mas quando chegamos a sermos bons cidadãos, achamos que já é o suficiente e a partir daí continuamos independente nas decisões de nossas vidas. Um exemplo: a palavra de Deus diz para não casarmos com incrédulo. Nós aceitamos isso, mas ao invés de procurar a Deus para saber quem é a pessoa, achamos que podemos escolher por nós mesmos. Decidimos, sem consultar ao Senhor,  e casamos as vezes com alguém que não era bem o que Deus programou. Depois o casamento não funciona bem e perguntamos: o que está errado com meu casamento? Simples, ele não fazia parte da história de Deus para a sua vida, só isso.

Em Ap 3:1-2, o Senhor diz a igreja de Sardes que deveria consolidar o que faltava para morrer, ou seja, acaba logo com a independência. Não deixe um só pedaço dela. Se ficar algum resto, pode ter certeza que ela ainda vai te afastar do livro do caminho eterno. Então mate-a, antes que ela mate você.

Segundo – medo das decisões de Deus em relação a nós. Quando nos colocamos à disposição de Deus para qualquer coisa, o diabo coloca em nossas cabeças que algumas dessas decisões podem ir longe demais. Muitos pensam que Deus pode mandá-los a fazer a obra Dele em lugares que eles nunca gostariam de estar, e que isso seria empurrar goela abaixo a vontade de Deus sobre eles. Quanta ignorância com o estilo do Senhor trabalhar. Se porventura o Senhor te levar a algum lugar, pode ter certeza que o Espírito Santo trabalhará para que você ame aquele lugar e, dessa forma, será um prazer. É assim que o Senhor trabalha sempre. Não podemos viver a vida cristã com medo do que Deus fará. Isso é não conhecer o Senhor, nem sua vontade que boa, agradável e perfeita. Em I Jo 4:18, o apóstolo diz que o perfeito amor lança fora todo medo. É só conhecer a Deus, que é o perfeito amor, que o medo vai embora.

Terceiro – por não saber como se encaixar no livro do caminho eterno. Para que eu saiba como me encaixar no livro do caminho eterno, eu preciso do quarto livro que Deus escreveu, a bíblia. A palavra de Deus é o “aio” para o livro do caminho eterno. Em Rm 12:1-2, o apóstolo diz que, para que eu saiba qual é a boa, perfeita e agradável vontade de Deus, eu preciso rejeitar a palavra do mundo e renovar a minha mente com a palavra do Senhor. Assim, toda a vez que o Senhor falar, eu vou entender o que Ele está falando. A boa, perfeita e agradável vontade de Deus para mim, é o livro do caminho eterno. Se eu quero andar nesse caminho é necessário entender o quarto livro. É necessário ler a bíblia, é necessário inculcar a palavra de Deus em nossos corações.

Qual a consequência de não andarmos nesse livro do caminho eterno?

Cansaço, angústia, peso e coisas do gênero. O livro do caminho eterno, foi feito na medida para nós. Ele não nos esmaga, mas quando andamos pelo nosso próprio caminho, sempre carregaremos pesos extras que não estamos aptos a carregar. Isso vai gerar cansaço em nós. Não cansaço de corpo, mas de alma. O cansaço de alma, não adianta dormir,  porque não descansa. Por isso que Jesus disse em Mt 11:28, que aqueles que estavam cansados e sobrecarregados deveriam ir a Ele para serem descarregados. O que Jesus disse: ” … o Meu fardo é leve e suave… “. Mt 11:29-30. Porque? Por que Jesus anda pelo livro do caminho eterno. Não há peso nesse caminho, há sim paz e descanso. O profeta Isaías disse isso em Is 40:31. 

Quando optamos pelo livro do caminho eterno há descanso, paz e alegria. A escolha é sua e as consequências, também.

Conclusão  

Eu insisto; pare agora mesmo o livro de sua história particular e assuma, de vez, o livro do caminho eterno. Com certeza, no presente, a sua vida será muito melhor e no porvir, a vida eterna com o Senhor estará garantida. Afinal, isso é uma decisão inteligente, pois a palavra de Deus diz que os pensamentos de Deus e seus caminhos são infinitamente mais altos que nossos pensamentos e caminhos (Is 55:8-9), então é mais inteligente, em detrimento de nossos planos, abrir mão para os planos de Deus para as nossas vidas.  

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s